Prefácio de Luiz Eduardo Soares ao romance de Julio Ludemir, Psico, publicado pela editora Faces

Prefácio a Psico

Luiz Eduardo Soares

Gostaria que no futuro houvesse um consenso entre os historiadores e que fosse usual ler-se que a publicação do romance, Psico, de Júlio Ludemir, em 2012, representou um momento importante da cultura brasileira. É o que penso sobre este livro: trata-se de uma obra marcante e intimamente sintonizada com deslocamentos subterrâneos de placas sociológicas profundas, invisíveis mas estruturantes.

Leia Mais...»

Beijo Infame e a arte pós-antropofágica do Brasil na diáspora

Luiz Eduardo Soares

 No mundo das conexões e das redes, os contos de Beijo Infame, de Toni Marques (editora Record, 2011), fecham o circuito entre o cu do mundo e as calças da farda nazi-fashion, promovendo um choque fascinante e revelador entre Lolita, a exorbitância naturalizada de Wall Street, o enxame brazuca catando migalhas em New York, as tribos hippies tradicionais repaginadas e a cena erótico-eletrizante que desconstitui a apropriação perversa dos abusos de Abu-Graib.

Leia Mais...»

Pornopopéia, uma obra prima

Luiz Eduardo Soares

Henry Miller sofreu todo tipo de acusação, moral e política, e foi desqualificado como autor, antes de sua consagração literária internacional. Reinaldo Moraes conta com o respaldo de antecedentes desse porte. Por isso, sua obra prima Pornopopéia (Objetiva, 2009) pode driblar o corredor polonês moralista e a insensibilidade da crítica, e conquistar, de imediato, franca aclamação. Que boa notícia. Sinal enfim positivo dos tempos. Melhor para os tempos e para o Brasil. Sintoma da qualidade de nossa crítica.

Leia Mais...»

Elite da Tropa 2: projeto literário e intervenção política

Luiz Eduardo Soares

O livro Elite da Tropa 2 é a quarta obra de uma tetralogia à qual dediquei os últimos sete anos de trabalho. A série inclui Cabeça de Porco (escrito com MV Bill e Celso Athayde –Objetiva, 2005), Elite da Tropa (com André Batista e Rodrigo Pimentel –Objetiva, 2006) e Espírito Santo (com Carlos Eduardo Ribeiro Lemos e Rodney Miranda –Objetiva, 2009). A intenção do Cabeça de Porco era mergulhar no mundo de valores, percepções, sentimentos, relações e práticas dos jovens envolvidos com a violência armada, nas áreas mais vulneráveis de cidades situadas em todas as cinco regiões do país.

Leia Mais...»

Prólogo para as edições argentina e espanhola de Elite da Tropa

Os brasileiros vivemos sob ditadura entre 1964 e 1988, quando foi promulgada a primeira Constituição realmente democrática de nossa história. Alguns historiadores disputam a data, porque o regime autoritário foi se desmontando gradualmente, ao longo de muitos anos, sem rupturas. Este é o estilo nacional: em vez de revoluções e insurgências sangrentas, a negociação entre as elites: espelho e fonte de nossas profundas e estruturais desigualdades.

Leia Mais...»
© Copyright Luiz Eduardo Soares  Site por UNDERSTUDIO