Ricardinho, pequena homenagem à sua memória

Luiz Eduardo Soares

 

Essas lembranças são uma pequena homenagem à memória de Ricardo Benzaquen de Araújo, amigo da vida toda. Se me incluo no relato, é porque, em vez de uma descrição distante e objetiva de sua obra, prefiro dar o testemunho dos efeitos de sua presença em minha vida.

Conheci Ricardo nos pilotis da PUC, no Rio de Janeiro, no início dos anos 1970. Eu, calouro, ele já na metade do curso; eu em Letras, ele em História. A despeito das escolhas diferentes, logo nos encontramos nas admirações comuns, entre elas, e com destaque, o professor Luiz Costa Lima. Lembro das conversas animadas com uma tribo muito interessante, que incluía Sérvulo Figueira, George Lamaziére e Eduardo Viveiros de Castro. Apesar da atmosfera carregada –afinal, vivíamos os anos mais sombrios da ditadura–, havia ali uma vitalidade apaixonante. Éramos ambiciosos, irônicos e críticos corrosivos de quase tudo, e nos divertíamos, sem perder a conexão com o sentido dramático do tempo.

Leia Mais...»

Bate-papo & Noite de autógrafos: Rio de Janeiro – histórias de vida e morte

Terça | 15 | setembro
Bate-papo & Noite de autógrafos: Rio de Janeiro – histórias de vida e morteCFF09468-F579-4EF7-8533-285FFEF46B54

Título: RIO DE JANEIRO: HISTORIAS DE VIDA E MORTE
Autor: Luiz Eduardo Soares
Editora: COMPANHIA DAS LETRAS

O antropólogo Luiz Eduardo Soares, autor do livro que inspirou o filme Tropa de elite, conhece o Rio de Janeiro como poucos. Pesquisador de renome e ex-integrante da área de segurança pública dos governos estadual e federal, convive há décadas com as mazelas da cidade: o tráfico de drogas, a corrupção policial, a violência. Este livro é resultado dessa experiência singular. Escrito com mão leve, ritmo de thriller e faro jornalístico, Rio de Janeiro é um retrato impactante sobre as desigualdades, o racismo, a degradação da política, a violência do Estado e o ódio que se derrama sobre a cidade, colocando em risco a beleza exuberante do eterno cartão-postal do Brasil.

Local: Shopping Leblon
Horario: 19:00

Meus 10 mandamentos, escritos diretamente no facebook, numa noite de insônia (de 18 para 19 de dezembro, 2013)

 

Luiz Eduardo Soares

 

No meu caso, a exaustão provocou insônia e vontade de compartilhar meus “10 mandamentos”, que podem ser nove ou vinte e um. São minhas crenças, minha religião, algumas coisas que aprendi ao longo da vida:

Leia Mais...»

Aldeia Maracanã

“A foto de Samuel Braun de nosso encontro, na Aldeia Maracanã, me levou a escrever o seguinte: Foruns, assembleias populares, movimentos

Luiz Eduardo Soares

Luiz Eduardo Soares

sociais, universidade aberta da Aldeia Maracanã, lideranças dos povos originários, estudantes, operários, cidadãos de todo tipo, músicos, entregadores de pizza e professores, funcionários de call-center e ativistas, motoristas, caixas de supermercado, empregadas domésticas, enfermeir@s, contadores, catadores e quem mais vier. Esta é a vibrante Babel democrática em que todos aprendemos, passinho a passinho, para trás e para a frente, minuetos e samba, valsa e funk, a coreografia desnaturalizadora da ação pública: “Vem pra rua, vem”. E atenção: “Sem violência”, porque o teatro do quebra-quebra é tudo o que os conservadores querem para esvaziar o grande apoio da sociedade às mobilizações. E também porque a história que desejamos escrever é o avesso da violência, ainda que carregue, como deve ser, a mais sentida indignação. Da violência estamos fartos: racismo, brutalidade policial, homofobia, misogenia, preconceitos. Violência é a linguagem do Estado autoritário, que trai a Constituição. Não pode ser a nossa. O respeito é nossa força. Desrespeito é a gramática do poder autoritário, dos exploradores do trabalho alheio e dos grupos sociais que discriminam”.

Políticas e Gestão em Segurança Pública – EAD

Ampliar o número de profissionais nesse segmento com formação de Especialistas em Segurança Pública. Articular o conhecimento Universidade Estácio de Sáprático dos profissionais de Segurança Pública, adquiridos no seu dia-a-dia profissional, com os conhecimentos produzidos no ambiente acadêmico. Difundir e reforçar a construção de uma cultura de Segurança Pública fundada nos paradigmas da modernidade, da inteligência, da informação e do exercício de competências estratégicas, técnicas e científicas.Incentivar a elaboração de estudos, diagnósticos e pesquisas aplicadas em Segurança Pública que contribuam para o processo de institucionalização do SUSP e implementação de ações consideradas prioritárias em Segurança Pública. Enfatizar o tema das políticas e das práticas de Segurança Pública em relação aos direitos humanos, à violência de gênero, à liberdade de orientação sexual e enfrentamento da homofobia e à igualdade racial.

Veja informações completas>>

Prêmio Faz Diferença – O GLOBO

PROSA & VERSO Premiada: Flupp (Festa Literária Internacional das UPPs)

Com debates, música, leituras e um livro com novos autores das periferias, evento levou grandes nomes ao Morro dos Prazeres para conversarem sobre suas obras

Leonardo Cazes

Foi durante suas andanças pelas periferias que o escritor Julio Ludemir percebeu que os desejos de consumo de seus moradores iam além de roupas ou eletrodomésticos. A inclusão de milhões de pessoas no mercado consumidor na última década e o surgimento da nova classe média também provocavam, observava ele, uma sede imensa de literatura.

Inspirado pela Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), Ludemir queria explorar o que chamou de “expansão da cidade literária”. Ele se juntou com novos parceiros para conceber a Festa Literária Internacional das UPPs (Flupp), que teve a sua primeira edição em 2012, no Morro dos Prazeres, em Santa Teresa: Écio Salles, ex-secretário de Cultura de Nova Iguaçu; o antropólogo e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) Luiz Eduardo Soares; e Heloisa Buarque de Hollanda, crítica literária e professora da UFRJ — vencedora do prêmio Faz Diferença em 2007.

Leia Mais...»

Curso de pós-graduação lato sensu, à distância, sobre Políticas e Gestão em Segurança Pública

Curso de pós-graduação lato sensu, à distância, sobre Políticas e Gestão em Segurança Pública, na Universidade Estácio de Sá, coordenado por Luiz Eduardo Soares em parceria com a Profa. Katia Mello.

O curso é reconhecido pelo Ministério da Justiça com o Selo de Qualidade da RENAESP/SENASP,enriquecendo o significado acadêmico e profissional  do certificado de “Especialista em Políticas e Gestão em Segurança Pública”.

A perspectiva aberta ao diálogo interdisciplinar e a incorporação de um vasto e original repertório temático têm tornado este curso uma experiência inspiradora e gratificante, tanto para os alunos, quanto para os professores.

Lançamento de Tudo ou Nada em Recife

Na FLIP, Luiz Eduardo e Fernando Gabeira debatem “autoritarismo, ontem e hoje”, com mediação de Zuenir Ventura.


Matérias relacionadas:

Globo

G1

Globo Tv

Época

Folha

Lançamento de Tudo ou Nada em Porto Alegre

© Copyright Luiz Eduardo Soares  Site por UNDERSTUDIO